quarta-feira, 13 de março de 2013

Classificação de Hidrocarbonetos

Depois de a gente conhecer a definição e os tipos de hidrocarbonetos vamos conhecer as classificações que são os Alcenos,Alcino,Alcanos,Ciclanos,Aromáticos,Alcadienos vamos la então.


Alcanos:Os alcanos, também chamados hidrocarbonetos parafínicos ou parafinas, são compostos constituídos exclusivamente por carbono e hidrogênio e forma uma série homóloga de fórmula geral CnH2n +2, cujo primeiro membro é o metano (CH4). 

A estrutura física dos alcanos é de cadeia carbônica acíclica (alifática), saturada e homogênea, ou seja, cadeia aberta que apresentam simples ligações entre átomos de carbono. 
 metano


Alcenos: 
Utensílios domésticos de plástico provêm do eteno. 
Também chamados de hidrocarbonetos etilênicos ou olefinas, os alcenos são compostos constituídos exclusivamente por carbono e hidrogênio e possuem fórmula geral Cn2n, cujo primeiro membro é o eteno (C2H4).
Alcenos são hidrocarbonetos de cadeia carbônica acíclica (alifática), insaturados com uma única dupla ligação e homogêneo.

H2C = CH2      - eteno ou etileno

Os alcenos se apresentam na natureza da seguinte forma: os de cadeia normal de dois a quatro carbonos são gases, de cinco a dezesseis carbonos são líquidos e de dezessete carbonos em diante são sólidos, na temperatura ambiente.
Ao contrário dos alcanos, os alcenos são muito raros na natureza. Os gasosos constituem pequena quantidade dos gases naturais e do petróleo, como é o caso do eteno que é extraído do cracking de petróleo. Muitos alcenos então, são preparados em laboratório.

O mais simples dos alcenos é o eteno (ou etileno), este se apresenta como um gás incolor e insolúvel na água. Quando em reação com cloro ou bromo, esse gás tem a propriedade de formar líquidos oleosos, por isso recebeu o nome degás oléfiant (gás gerador de óleo). Daí a denominação olefinas, que é empregada para todos os alce.

Alcinos:Os alcinos são hidrocarbonetos que possuem tripla ligação entre átomos de carbono. São conhecidos também como hidrocarbonetos etínicos ou hidrocarbonetos acetilênicos. A fórmula geral dos alcinos é: CnH2n – 2, e o primeiro membro é o etino (C2H2). 
De modo geral, podemos definir alcinos como hidrocarbonetos de cadeia carbônica acíclica, homogênea, insaturada com uma tripla ligação única.
Os alcinos possuem características físicas como os alcanos e alcenos, ou seja, também apresentam pontos de fusão e ebulição crescentes com o aumento da cadeia carbônica (massa molecular).
Essa classe de compostos, os alcinos, não possui cor (incolor), nem cheiro (inodoro), apresentam insolubilidade em água, mas são solúveis em solventes orgânicos como o álcool, o éter e outros. O acetileno, ao contrário dos outros alcinos, tem cheiro agradável e é parcialmente solúvel em água, e é partir dele que se obtêm solúveis não inflamáveis.
Os alcinos são preparados em laboratório porque não se encontram livres na natureza. 

Alcadienos: duas ligações duplas
Alcadienos (dienos) são hidrocarbonetos de cadeia aberta, não-saturados e portadores de duas duplas-ligações.
Fórmula geral: 
O sufixo dieno mostra que há duas duplas-ligações e os números indicam as posições das ligações.
Ao apresentar duas duplas-ligações no mesmo átomo de carbono, o alcadieno ficará acumulado

Ciclanos: cadeia fechada saturada 
Ciclanos (cicloalcanos) são os hidrocarbonetos que fazem parte da cadeia fechada, saturados e apresentam apenas ligações simples entre os átomos de carbono. 
Fórmula geral: 
A nomenclatura continua com a mesma regra, basta apenas adicionar a palavra ciclo antes do nome do alcano correspondente.
 
Aromáticos:Também chamados de arenos, os Compostos Aromáticos são hidrocarbonetos que possuem um ou mais anéis benzênicos.
Os arenos possuem a polaridade baixa, fazendo que sejam insolúveis em água, mas são solúveis em solventes apolares, como o éter e tetracloreto de carbono, etc.
Em condições ambientes esses hidrocarbonetos podem se apresentar na fase líquida ou gasosa. Existem em grande quantidade na natureza e são essenciais na indústria de inseticidas, de corantes, como solventes e para fabricar explosivos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário